CE: R$ 1 bi para garantir acesso aos polos de desenvolvimento

O VLT de Fortaleza (CE) finalmente entra na fase final de obras
 
O Governo do Estado do Ceará investiu R$ 651,3 milhões em 2015 na conclusão de obras de pavimentação e restauração de rodovias. Ao todo, foram entregues 426,4 km de malha rodoviária restaurada e pavimentada. A maior parte desse investimento foi do Programa Viário de Integração e Logística – Ceará IV, que vai aplicar até 2018 cerca de R$ 1 bilhão em obras de implantação e restauração de rodovias cearenses.
 
Ao longo deste ano, o investimento em rodovias previsto pelo governo cearense é de R$ 920,7 milhões. Os recursos representam aumento de 41,4% em relação ao investido no ano passado. Somente no primeiro trimestre, foram concluídos 311,3 km de rodovias, também entre pavimentação e restauração. Estão em andamento 517,5 km de obras de Norte a Sul do Estado. Desse total, 430,9 km correspondem a obras de pavimentação, 55 km a restauração e 13,2 km a duplicação.
 
Segundo o governo cearense, o objetivo estratégico é melhorar a integração regional e a logística econômico-produtiva. Por meio das intervenções previstas na malha viária, será possível maior acessibilidade aos polos de desenvolvimento e integração dos grandes eixos viários de escoamento da produção, portos e aeroportos do Estado.
 
Mobilidade urbana
O governo do Ceará também realiza ações para melhorar a mobilidade urbana. As obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), ramal Parangaba-Mucuripe, em Fortaleza, foram retomadas em julho de 2015. Para este ano, a previsão é de que sejam aplicados no projeto mais R$ 135,2 milhões.
 
Para facilitar o processo licitatório e acelerar a conclusão dos trabalhos, a Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) dividiu a obra em três trechos. O trecho 1, retomado em abril, terá investimento de R$ 26 milhões e previsão de conclusão em 12 meses.
 
O trecho 2, reiniciado em outubro do ano passado, custará R$ 48,5 milhões, com previsão de término em 12 meses após a data de retomada dos trabalhos. Já o trecho 3, retomado em julho de 2015, custará R$ 100,2 milhões, e deve ficar pronto em 18 meses, desde a retomada dos trabalhos.
 
O VLT está com 60% de avanço nas obras e, quando concluído, terá 13,4 km, ligando os bairros Mucuripe e Parangaba. Dessa extensão, serão 12 km em superfície e 1,4 km de trechos elevados.
 
O Consórcio VLT Fortaleza, integrado pela espanhola Azvi do Brasil e a brasileira Construtora e Incorporadora Squadro, é a responsável pelas obras nos três trechos.
 

CEARÁ

INVESTIMENTOS  (Em R$ milhões)

 
2015
2016
RODOVIAS
651,3
920,7
VLT
2,0
135,2
PORTOS
233,6
115,1
AEROPORTOS
2,7
3,6
Total
889,6
1.174,6
 


terça-feira, 30 de agosto de 2016
Fonte: Redação OE
Publicidade
  • contato internacional
  • app ranking
  • Linha do Tempo
  • Guindaste Terex instala ponte metálica

A Revista

- Perfil

- Publicidade

- Assinaturas

Eventos

Contato

Rua Marquês de Paraná, 471
Cep: 05086-010 - sala 10 - Alto da Lapa - São Paulo/SP
Fone: (11) 3895-8590

 

500 Grandes

Edições

 
 
A republicação e divulgação de conteúdos públicos são permitidas, desde que citados fonte, título e autor. No caso dos conteúdos restritos, não é permitida a utilização sem autorização do responsável. É totalmente livre a citação da URL do Portal (http//www.revistaoempreiteiro.com.br) em sítios e páginas de terceiros.
© 2017 - O Empreiteiro - Todos os direitos reservados.
Tendenza Tecnologia