O grande desafio da engenharia brasileira

 
Os Jogos Olímpicos 2016 se tornaram realidade no Rio de Janeiro. Foram sete anos de preparação para transformar a cidade na capital do esporte - e a Concremat tem orgulho de ter feito parte dessa história.
 
 Com atuações diferenciadas, entre gerenciamento e elaboração de projetos de instalações provisórias, a Concremat Engenharia teve participação em três das quatro áreas de competição olímpica (clusters): Barra da Tijuca, Deodoro e Maracanã.
 
No Parque Olímpico da Barra da Tijuca e no Complexo Esportivo de Deodoro, a empresa foi contratada pela Rio Urbe e liderou o consórcio CGCA que contribuiu para o cumprimento dos cronogramas de obras, em uma operação que englobou serviços de gerenciamento de programas e projetos e apoio à fiscalização e ao comissionamento das arenas, garantindo a entrega das instalações.
 
No quesito inovação, destaca-se o desenvolvimento do Portal de Gerenciamento que integra o que há de mais moderno em softwares de gerenciamento de projetos. O acompanhamento remoto e online das obras pelo Portal de Gerenciamento foi um dos grandes diferenciais entre os serviços prestados. Todos os envolvidos no processo - empresas, Comitê Olímpico Internacional (COI), prefeitura e Comitê Rio 2016 - puderam monitorar os avanços e acompanhar os prazos e as etapas em tempo real, o que trouxe mais dinâmica e transparência a todo o processo.
 
 Para o Comitê Organizador Rio 2016, o Consórcio CME, formado pela Concremat Engenharia com a canadense Mott MacDonald e a inglesa ES Global, executou serviços de desenvolvimento e compatibilização dos projetos de engenharia e energia elétrica em instalações provisórias (overlay). Os serviços prestados também incluíram o levantamento das necessidades de infraestrutura de energia elétrica, água, esgoto, suportação (containment) e outras demandas, para a implantação de estruturas provisórias para o recebimento de atletas, imprensa e público durante as competições.
 
Já em 2016, a Concremat Engenharia, em consórcio com a ES Global, atuou no cluster Maracanã, desenvolvendo e gerenciando o projeto de instalação de suportes temporários para cabos de energia, tecnologia e transmissão de TV nos locais de competição na região do estádio, além do Maracanãzinho e Engenhão.
 
 “A sensação é de dever cumprido”, avalia o diretor comercial das Empresas Concremat, Eduardo Viegas. “Superamos os desafios, operamos simultaneamente em locais diferentes e mostramos que a engenharia brasileira sabe oferecer serviços para empreendimentos deste porte.” O diretor também ressalta o enriquecimento cultural e profissional que esse projeto proporcionou. “Trabalhamos com profissionais de outras nacionalidades e aprendemos muito. Para a engenharia, este será o grande legado.”
 


terça-feira, 30 de agosto de 2016
Fonte: Redação OE
Publicidade
  • JLG
  • Novas obras e Investimentos,
  • mwm
  • Rankng das Concessionarias
  • Linha do Tempo
  • Guindaste Terex instala ponte metálica

A Revista

- Perfil

- Publicidade

- Assinaturas

Eventos

Contato

Rua Marquês de Paraná, 471
Cep: 05086-010 - sala 10 - Alto da Lapa - São Paulo/SP
Fone: (11) 3895-8590

 

500 Grandes

Edições

 
 
A republicação e divulgação de conteúdos públicos são permitidas, desde que citados fonte, título e autor. No caso dos conteúdos restritos, não é permitida a utilização sem autorização do responsável. É totalmente livre a citação da URL do Portal (http//www.revistaoempreiteiro.com.br) em sítios e páginas de terceiros.
© 2017 - O Empreiteiro - Todos os direitos reservados.
Tendenza Tecnologia