Obras de modernização do aeroporto de Aracaju
A ampla linha de produtos Ammann estava presente na modernização do aeroporto de Aracaju, em Sergipe. Quatro equipamentos da marca suíça foram usados na reforma e ampliação da pista de pouso e decolagem do complexo aeroportuário. As melhorias, segundo a Infraero, possibilitaram que novos voos fossem incorporados às 20 viagens diárias. Os trabalhos foram iniciados em 2013 e encerrados no primeiro semestre de 2016.
 
O aeroporto de Aracaju é o único aeródromo público do Estado que recebe voos regulares. Distante 12 km do centro da cidade, o complexo tem movimento diário de cerca de 6 mil pessoas. De acordo com a empresa pública, que administra o aeródromo desde 1975, mais de 1 mil profissionais trabalham no local para atender principalmente executivos e turistas. Também se destacam as operações diárias de helicópteros, que fazem o transporte de funcionários às plataformas de petróleo no litoral de Sergipe e Alagoas.
 
As obras, realizadas pelo consórcio das empresas Alves Ribeiro Construtora e Conenge, contaram com investimento de R$ 64,2 milhões. Na primeira fase, segundo o diretor de equipamentos da Alves Ribeiro, Rui Sousa, foi refeita a camada asfáltica do sistema de pátio de aeronaves. “Houve melhorias na estrutura e fizemos o recapeamento de 3,5 mil m da pista”, descreve.
 
No processo de pavimentação, conforme Rui Sousa conta, foram usadas uma usina de asfalto Prime 140 da Ammann, para a produção de mistura asfáltica, uma vibroacabadora AFT500G e três rolos AV110X, AP240 e ARX26, da mesma marca, que executaram os trabalhos de compactação. “Tive conhecimento dos produtos Ammann na Europa. A usina de asfalto da Ammann é mais avançada que a da concorrência”, elogia o diretor de equipamentos.
 
Segundo ele, uma das principais vantagens da Prime 140 Ammann refere-se aos queimadores, que possibilitam a economia de energia. “O misturador permite uma boa textura, deixando o produto mais homogêneo”, afirma, citando que o maquinário atingiu satisfatoriamente a produção de 140 t de asfalto por hora. “Tanto a vibroacabadora quando os rolos compactadores atenderam perfeitamente as necessidades das obras. Não tivemos problemas técnicos com nenhum deles”, garante.
 

Obras tiveram auxílio de vibroacabadora


quarta-feira, 31 de agosto de 2016
Fonte: Redação OE
Publicidade
  • JLG
  • Novas obras e Investimentos,
  • mwm
  • Rankng das Concessionarias
  • Linha do Tempo
  • Guindaste Terex instala ponte metálica

A Revista

- Perfil

- Publicidade

- Assinaturas

Eventos

Contato

Rua Marquês de Paraná, 471
Cep: 05086-010 - sala 10 - Alto da Lapa - São Paulo/SP
Fone: (11) 3895-8590

 

500 Grandes

Edições

 
 
A republicação e divulgação de conteúdos públicos são permitidas, desde que citados fonte, título e autor. No caso dos conteúdos restritos, não é permitida a utilização sem autorização do responsável. É totalmente livre a citação da URL do Portal (http//www.revistaoempreiteiro.com.br) em sítios e páginas de terceiros.
© 2017 - O Empreiteiro - Todos os direitos reservados.
Tendenza Tecnologia