21 TBMs escavam 111 km de túneis em 26 meses
Foi em Doha, capital de Catar, que a Qatar Rail contratou quatro consórcios internacionais para executar uma rede de metrô de 111 km, divididos em três linhas, mobilizando 21 TBMs (tunnel boring machines), num prazo recorde de dois anos e dois meses, passando por áreas densamente habitadas em Doha, como a promenade Corniche, perto da praia, os bairros com edifícios altos e os centros turísticos com hotéis de luxo - com cerca de 800 mil habitantes num país com número populacional um pouco mais do que o dobro disso, além de um PIB de US$ 166 bilhões e renda per capita de US$ 74,6 mil.
 
A rede subterrânea de túneis teve a escavação concluída em 25 de setembro de 2016, removendo 4,35 milhões m³ de material, na maior parte de solo calcário chamado Simsima. A logística complexa foi conduzida por trabalho coordenado de diversas equipes — um exemplo, uma TBM que foi inundada por lençol freático foi recuperada em apenas três meses, com a substituição completa dos sistemas eletrônicos e o envio de mais de mil peças de reposição da Alemanha.
 
A média de avanço chegou a 2,5 km por semana. No total, 470 mil segmentos de concreto foram montados para formar 70 mil anéis que revestem os túneis. Além disso, 76 seções intermediárias que serviram de marcos de construção foram rompidas conforme o trajeto das três linhas de metrô, e as TBMs tiveram que ser reposicionadas em poços de apoio 40 vezes para retomar a escavação nos túneis. Os trabalhos seguiam 24 horas/dia. A equipe técnica que dava suporte às TBMs tinha 125 profssionais de 19 países.
 
Metrô deve entrar em serviço em 2020
 
As três linhas de metrô, dotadas de dois túneis gêmeos, em Doha, estão programadas para iniciar operação em 2020, tendo a estação central Msheireb como o polo de convergência, com expansão prevista para 2026 de uma quarta linha e 72 estaçõesadicionais, conectando então todos os bairros da capital. A estratégia do governo de Catar é interligar as regiões do país e as principais cidades por transporte público.
 
Os consórcios internacionais que executaram as obrasAs 21 TBMs empregadas no metrô de Doha foram 6 EPB de 7,050 mm de diâmetro, potência de 1440 kW; 9 EPB de 7050 mm de diâmetro, potência de 1280 kW; e 6 EPB de 7110 mm de diâmetro, potência de 1440 kW. Elas foram fabricadas pela Herrenknecht


terça-feira, 30 de maio de 2017
Fonte: Revista O Empreiteiro
Publicidade
  • contato internacional
  • app ranking
  • Linha do Tempo
  • Guindaste Terex instala ponte metálica

A Revista

- Perfil

- Publicidade

- Assinaturas

Eventos

Contato

Rua Marquês de Paraná, 471
Cep: 05086-010 - sala 10 - Alto da Lapa - São Paulo/SP
Fone: (11) 3895-8590

 

500 Grandes

Edições

 
 
A republicação e divulgação de conteúdos públicos são permitidas, desde que citados fonte, título e autor. No caso dos conteúdos restritos, não é permitida a utilização sem autorização do responsável. É totalmente livre a citação da URL do Portal (http//www.revistaoempreiteiro.com.br) em sítios e páginas de terceiros.
© 2017 - O Empreiteiro - Todos os direitos reservados.
Tendenza Tecnologia